Cognição Afetiva

Contato num click

WhatsApp.png

Resiliência

Contato num click

WhatsApp.png

flor de lótus: resiliência

A flor de lótus é uma planta lendária, repleta de mitos e lendas de diferentes culturas e religiões, sobretudo oriental. Esta planta de beleza única cresce apenas na lama e tem a capacidade de renascer todos os dias. À noite, a flor fecha e submerge na água suja, e ao amanhecer surge e reabre esplendidamente.

Embora existam muitas histórias que giram em torno dessa flor, a linha comum é a associação que existe entre a flor de lótus e a resiliência.

Ser resiliente é conhecer a nós mesmos. É entender que coisas acontecem constantemente ao nosso redor, independente da nossa vontade, e que somos nós mesmos quem deve permitir, ou não, ser afetados.

lotus-branca.jpg

É usar os recursos que temos dentro de nós, para que apesar dos nossos medos e defeitos, apesar de tudo o que acontece tão desastrosamente à nossa volta, possamos encontrar o equilíbrio dinâmico com o que nos rodeia, e assim conseguir emergir todos os dias como a flor de lótus.

resiliência no relacionamento conjugal

Em um relacionamento conjugal, a característica de resiliência é essencial para evitar mágoas e ressentimentos de longo prazo. Em momentos de desconexão, a capacidade do casal resistir aos conflitos pessoais e relacionais de forma mais eficaz permitirá que eles usem seus pontos fortes como casal para manter um relacionamento de alta qualidade.

Essa capacidade de continuar bem, inclusive em situações negativas, que nos permite seguir com atitudes positivas em situações adversas, inclusive sair fortalecidos das crises, deve ser entendida como um processo de aprendizado, e não como um traço de personalidade.

Para a Psicologia Positiva, resiliência refere-se à capacidade de lidar com tudo o que a vida joga em você. Algumas pessoas são derrubadas por desafios, mas voltam como uma pessoa mais forte, mais firme do que antes. Uma pessoa resiliente supera os desafios usando recursos e capacidades positivas como o otimismo  e as forças pessoais como gratidão, perdão e inteligência social.