> Serviços > Programa de Desenvolvimento Emocional

Programa de Desenvolvimento Emocional - PDE

Contato num click

WhatsApp.png
Evolução Humana.png

Mecanismos, estratégias ou habilidades de enfrentamento são padrões emocionais que podemos utilizar para gerenciar positivamente pensamentos, sentimentos e ações diante das mais variadas situações do cotidiano, em que o estresse esteja presente.

compreendendo o desenvolvimento emocional

O desenvolvimento emocional envolve aprender o que são emoções, sentimentos e afetos e a compreensão de como e por que ocorrem. Isso significa reconhecer seus próprios sentimentos e os dos outros e desenvolver maneiras eficazes de aprimorar esses sentimentos para criar afetos positivos.  Além de necessário para construir relacionamentos saudáveis, os afetos afirmam nossa capacidade como seres humanos de nutrir e proteger uns aos outros por meio do carinho, da humildade e da dedicação.

Esse desenvolvimento começa na infância, em parte a partir de nosso temperamento e características pessoais, e continua por meio das experiência e interações que vivenciamos ao longo de nossas vidas. A infância é um momento particularmente importante no nosso desenvolvimento emocional, principalmente porque somos fortemente influenciados pelos nossos pais, familiares, educadores, padrões sociais e culturais.

No entanto, a capacidade de experimentar, expressar e interpretar várias emoções e a capacidade de processá-las corretamente envolve a compreensão do que são essas emoções. É necessário compreender como e por que ocorrem e como afetam nossos sentimentos.

do instinto ao amor incondicional - um processo evolutivo

Ao longo de milhares de anos, desenvolvemos uma ampla variedade de sistemas que nos permitisse atribuir significado específico em relação à vida. No início predominava o instinto. Uma inteligência sem raciocínio, mas essencial à sobrevivência e através do qual satisfazíamos nossas necessidades de subsistência.

Nesse processo evolutivo desenvolvemos nossos instintos, valiosos para nossa condição humana, mas que não poderiam nos dominar a ponto de atrapalhar nossa evolução. Assim, como resultado da interação entre as bases genéticas e a capacidade cognitiva ampliada, habilidades de comunicação aprimoradas e a evolução da linguagem, demos um passo importante na evolução ao conquistarmos a individualidade humana.

O desenvolvimento da linguagem nos levou à visão de nós mesmos, assim como a capacidade de reconhecer a identidade das outras pessoas. Gradativamente saímos do instinto puro e ingressamos no mundo das emoções, na qual ainda permanecemos em níveis iniciais, próximo dos comportamentos e reações mais primitivas.

Mais sutis que o instinto, porém igualmente instantâneas, automáticas e não controladas, as emoções são forças naturais que provocam reações físicas e instintivas frente a ameaças ou incertezas, reais ou imaginárias. Para Antônio Damásio, “As emoções são sinais químicos essenciais que conectam todos os sistemas do nosso corpo 24 horas por dia, em uma complexa e sofisticada rede de comunicação como nenhuma outra”.

Em seu entendimento, as “emoções são predominantemente inconscientes, ou seja, ocorrem abaixo da linha da nossa consciência”. Está mais radicada à sensação – resposta do organismo aos estímulos do meio, com dimensões biopsicossociais (biológicas, fisiológicas e sociais).

As emoções são universais e são semelhantes em todos os seres humanos.

Para conquistarmos bem-estar, florescimento e transcendência, precisamos avançar em nosso estágio evolutivo, conquistando uma disposição mental, caracterizada por um estado afetivo adquirido em relação a nós próprios, às pessoas, coisas e ideias. Aqui estamos falando de sentimentos.

Enquanto as emoções estão associadas a reações corporais que são ativadas através de neurotransmissores e hormônios liberados pelo cérebro, os sentimentos se desenvolvem de uma maneira um pouco diferente.

Sentimento é o efeito do ato de sentir. É a percepção a respeito de como nos sentimos diante de uma emoção. No entanto, temos uma via de mão dupla aqui, porque os sentimentos também podem ativar as emoções. Os sentimentos são conquistas valiosas no curso evolutivo, que vão se aprimorando em direção ao cultivo dos afetos positivos.

Mais nobre que a emoção, o sentimento é a matéria prima para a construção dos afetos.

Afeto tem a ver com carinho. É algo que flui entre as pessoas, algo que se dá e se recebe. Enquanto as emoções e os sentimentos estão relacionados ao nosso estado interno, o afeto é um processo de interação social que se manifesta na forma de expressar nossos sentimentos em relação às pessoas, coisas e natureza.

"Além dos benefícios físicos comprovados, como redução dos níveis de estresse e liberação de hormônios de bem-estar, mostrar afeto fortalece o vínculo e a confiança entre os casais, o que torna o relacionamento mais longo."

Não importa qual seja a sua linguagem de amor, demonstrar afeto é uma parte importante de qualquer relacionamento saudável. Fazer e receber elogios é sempre muito gratificante, principalmente quando o tempo juntos significa qualidade e dedicação total. Da mesma forma, atos de gentileza e cordialidade, assim como dar e receber presentes, abraçar, andar de mãos dadas e carícias, fortalecem a conexão e são fortes manifestações de afetos positivos e amor conjugal.

como funciona o programa de desenvolvimento emocional

Não importa o que você priorize na vida, melhorar a si mesmo sempre será fundamental para o seu desenvolvimento emocional. Autoconsciência, autocompaixão e regulação emocional caminham lado a lado, e sua capacidade de estabelecer conexões positivas e tomar decisões responsáveis determinam o quão eficaz você é na interação com outras pessoas.

Para desenvolver relacionamentos fortes com outras pessoas, você deve aprender como compreendê-las. Quanto mais você aprender a avaliar sua própria perspectiva, mais bem estruturado estará para entender as perspectivas das outras pessoas - o que é vital para manter um relacionamento saudável. Ao adquirir uma perspectiva mais ampla da vida, você também obterá uma compreensão mais profunda de si mesmo. Isso tornará mais fácil para você entender as outras pessoas.

Essa visão motivou o Instituto ISA a criar um programa através do qual fosse possível desenvolver essas habilidades e competências básicas essenciais à construção de um padrão comportamental com forte potencial de realizações

PDE.png

positivas. Assim, a partir da consolidação dos princípios da Inteligência Emocional, concebidos por Daniel Goleman, e das técnicas e fundamentos da Psicologia Positiva e Mindfulness Funcional, nasce o Programa de Desenvolvimento Emocional – PDE.

 

Sua estrutura contempla cinco módulos básicos:

 

 ♦ Bem-estar e Florescimento

 ♦ Aceitação e Compromisso

 ♦ Consciência de Si e do Outro

 ♦ Componentes Cognitivos e Emocionais

 ♦ Fluxo do Desenvolvimento Emocional

 

Além de promover o desenvolvimento intrapessoal e interpessoal através do Autodesenvolvimento Estruturado, o PDE abre uma nova era no tratamento eficaz das disfunções e inadequações sexuais instituindo a Terapia Sexual Positiva. Da mesma forma, atua como catalizador das necessidades dos casais que buscam construir um relacionamento conjugal saudável e harmonioso através da Terapia das Relações Conjugais.

Dentro de uma perspectiva amplamente baseada nos princípios da Psicologia Positiva e Mindfulness Funcional, o Instituto ISA consolida uma abordagem terapêutica de base positiva, dentro de uma estruturação técnica comprovada cientificamente, voltada para o pleno desenvolvimento da sexualidade humana por meio da promoção e manutenção contínua do bem-estar psicológico, emocional e social.

Indo além, oferece uma excelente base para programas de treinamento para terapeutas sexuais e terapeutas de casais.

Com os recursos do PDE, esses profissionais obtém acesso ao conhecimento técnico conhecido até o presente. Tais ferramentas associadas às técnicas disponíveis na prática da terapia sexual e de casais, amplia o rol de recursos a serem disponibilizados no tratamento dos tipos particulares de disfunções sexuais, inadequações sexuais e demandas conjugais que impedem o gozo de uma vida sexual plena e de um casamento harmonioso.